A 3M usa cookies neste site. Os provedores de serviços deste site e os selecionados pela 3M instalam cookies contendo arquivos de texto no seu computador para reconhecer o computador e:

  • ● Personalizar sua experiência em sites da 3M.

  • ● Exibir anúncios de seu interesse.

  • ● Coletar informações estatísticas anônimas para aprimorar a funcionalidade e o desempenho do site.

Saiba os benefícios de aceitar estes cookies

Os sites da 3M usam cookies para oferecer suporte:

  • ● 'Lembre-me' - que permite você fazer login em visitas repetidas, usando um login seguro.

  • ● Salvando as suas escolhas anteriores e dando recomendações para produtos e serviços 3M de seu interesse.

  • ● Garantindo para você os recursos de compartilhar páginas e publicar comentários.

Você pode alterar as configurações dos seus cookies a qualquer momento, clicando em Preferências de cookies.

Alguns opt-outs podem falhar devido às configurações de cookies do seu navegador. Se você quiser configurar preferências de opt-out usando esta ferramenta, precisa permitir cookies de terceiros na configuração do seu navegador.

Ao clicar em Aceitar e Prosseguir, você confirma que entendeu as configurações de cookies e concorda com elas, conforme indicado à esquerda.

3M Inovação | inspiração, ideias, criatividade

Inovação

Voltar para a lista de postagens

Energia limpa proveniente das tubulações

08/02/2016

Você já parou para pensar quão relacionadas estão a energia e a água nos tempos de hoje? E que, com criatividade, podemos pensar cada vez mais em soluções para gerar sistemas sustentáveis? É o que acontece hoje em Portland, no estado de Oregon, nos EUA: um método desenvolvido em parceria com a start-up Lucid Energy utiliza as tubulações de água para produzir energia.

O LucidPipe é muito simples e, ao que tudo indica, pode ser adotado por muitas outras cidades em breve. Com foco na força inexplorada da água corrente que passa pelas tubulações da cidade, a “mini hidrelétrica” capta a energia gerada através de turbinas instaladas nos tubos e a armazena em geradores externos. A produção é capaz de abastecer cerca de 150 casas e espaços públicos, como escolas e bibliotecas. Entenda como funciona o sistema:

A malha de tubulação da cidade é pensada para que as centrais de distribuição de água localizem-se nos pontos mais altos topograficamente falando. Assim, a força presente na corrente vem da gravidade e não de bombeamentos, tornando o processo ainda mais limpo. Isso é a inovação fazendo uso da criatividade para reutilizar técnicas não tão novas e produzir riqueza para as pessoas. Saiba o que os nossos profissionais têm a dizer sobre inovações geradas a partir de ideias que não surgiram do zero.

Gostou desse conteúdo? Compartilhe.

Comentários

Junte-se à discussão com os aprendizes desta lição.

Ordenar por:
João Marcos de Nobrega Experiência: 0 Ranking: 1º
Ideia sensacional, conheço o método de gestão da 3M e desconfio que isto é mais um fruto do intraempreendedorismo. Parabéns a 3M pela inovação.
Everton Celso Pinto Experiência: 0 Ranking: 1º
Muito bom... achei super interessante, também, as diversas ideias como a de colocar em sistema de esgoto, no entanto... gostaria de saber se ao colocar a mini hidrelétrica não diminuiria a pressão da água nas torneiras, principalmente aquelas que não tem caixa, e para aquelas que tem caixa, teria pressão suficiente para receber a água ainda?
Além disso, como foi falado aqui sobre a prefeitura implantar: acredito que deve vir do governo, pelo menos estadual...
Mas para isso acontecer vai depender do povo cobrar...
Erika Nogueira Experiência: 0 Ranking: 1º
Muito bom! Com esse sistema da para gerar energia para suprir a necessidade de energia para bombear água nos pontos mais altos. Mas diferentemente do que algumas pessoas falaram esse sistema só pode ser instalado na rede de abastecimento de água que é em conduto forçado, ou seja, sob pressão. Não dá para ser instalado na rede coletora de esgoto pois esta é formada por conduto livre, ou seja, a pressão interna é igual a externa.
Rogério Duarte Experiência: 45 Ranking: 1515º
Deveria principalmente ser adotado pelas indústrias, gerando energia para elas mesmas e já aproveitavam para fazer o tratamento desta agua, antes de descarregarem nos rios, poluindo todo meio ambiente.
Danielly Akagui Menezes Experiência: 3960 Ranking: 101º
Como já foi comentado poderíamos utilizar esse sistema tanto na distribuição de água quanto na hora de tratar nossos esgotos.
Com o grande desenvolvimento urbano as cidades necessitam cada vez mais de iniciativas como essa.
Qdo vamos começar a aplicar?!
Lourenco CHACON Malanga Experiência: 115 Ranking: 778º
Perfeito! Assim o esgoto geraria energia antes de chegar ao terminal de tratamento, pagando-se e elimando a necessidade de cobrança da conta de água duplicada!!
Wilimar Cássio Nunes Experiência: 8380 Ranking: 49º
Muito interessante com tanta alta do preço da energia é momento de buscar a economia!!!
Flávia Freire de Azevedo Experiência: 6150 Ranking: 68º
Reinventou a usina hidrelétrica de forma inesperadamente inovadora.Na rede de abastecimento público teria um problema, tipico daqui ,de boa vontade politica para instalar em toda uma cidade e no sistema de esgoto. Mas espero estar errada.Este tipo de inovação é mais do que urgente para todas as cidades.
Admin Experiência: 625 Ranking: 546º
Sem dúvida, Flávia! Esperamos que ocorra todo o investimento necessário para que essa inovação seja colocada em prática. ;)
Flávia Freire de Azevedo Experiência: 6150 Ranking: 68º
Digo isso porque o sistema de tubulações da minha cidade é o mesmo da época da fundação dela a qual tinha menos habitantes.Atualmente o sistema é incompatível com a atual quantidade de habitantes e não foi ampliado ou melhorado.Só quando acontece uma tragédia é que o poder público diz que vai fazer alguma coisa. E fica tudo como antes .
Lourenco CHACON Malanga Experiência: 115 Ranking: 778º
E se ao mesmo tempo tambem já começasse a depurar a água? Certamente o investimento de pagaria, com menores reservatórios e possibilidade de utilização da água sem sair dos canos!
Antonio Gomes Experiência: 95 Ranking: 852º
Bom dia, concordo com Henrique Luttembarck, a idéia das palmilhas em conjunto com a opção de armazenamento da energia para ser utilizada ou adicionada à uma repositório central é ótima e vai acontecer. Eu acho que tudo que se move, pressiona, esquenta, esfria pode ser opção de geração de energia elétrica. Até o barulho das ruas ruidosas dos grandes centros seriam fontes de energia. Mas como fazer ? Pensando? anotando as idéias ? colocando no papel ? Compartilhando ? Arriscando algumas experiência na prática ?
Admin Experiência: 625 Ranking: 546º
Olá, Antonio! Boa colocação! Acreditamos que há recursos ainda não explorados e que facilitariam bastante nosso dia a dia. Ter um espaço como este para discutir inovações e soluções já é um bom caminho para registrar boas ideias. ;)
RAMIREZ AUGUSTO PESSOA FERNANDES Experiência: 19700 Ranking: 2º
Sustentabilidade
Carregar mais
X

Faça seu login

Para acessar essa área, é necessário fazer seu login. Se você ainda não se cadastrou no portal 3M Inovação, você pode fazê-lo clicando no botão abaixo.

Login com redes sociais

Login com Facebook Login com Linkedin

Login com E-mail


Ainda não sou cadastrado

Cadastre-se agora
Topo
X

Faça seu login

Para acessar essa área, é necessário fazer seu login. Se você ainda não se cadastrou no portal 3M Inovação, você pode fazê-lo clicando no botão abaixo.

Login com redes sociais

Login com Facebook Login com Linkedin

Login com E-mail


Ainda não sou cadastrado

Cadastre-se agora