A 3M usa cookies neste site. Os provedores de serviços deste site e os selecionados pela 3M instalam cookies contendo arquivos de texto no seu computador para reconhecer o computador e:

  • ● Personalizar sua experiência em sites da 3M.

  • ● Exibir anúncios de seu interesse.

  • ● Coletar informações estatísticas anônimas para aprimorar a funcionalidade e o desempenho do site.

Saiba os benefícios de aceitar estes cookies

Os sites da 3M usam cookies para oferecer suporte:

  • ● 'Lembre-me' - que permite você fazer login em visitas repetidas, usando um login seguro.

  • ● Salvando as suas escolhas anteriores e dando recomendações para produtos e serviços 3M de seu interesse.

  • ● Garantindo para você os recursos de compartilhar páginas e publicar comentários.

Você pode alterar as configurações dos seus cookies a qualquer momento, clicando em Preferências de cookies.

Alguns opt-outs podem falhar devido às configurações de cookies do seu navegador. Se você quiser configurar preferências de opt-out usando esta ferramenta, precisa permitir cookies de terceiros na configuração do seu navegador.

Ao clicar em Aceitar e Prosseguir, você confirma que entendeu as configurações de cookies e concorda com elas, conforme indicado à esquerda.

3M Inovação | inspiração, ideias, criatividade

Inovação

Aprenda > Desafios

Como conscientizar trabalhadores a usar equipamentos de proteção individual?

X

Faça seu login

Para acessar essa área, é necessário fazer seu login. Se você ainda não se cadastrou no portal 3M Inovação, você pode fazê-lo clicando no botão abaixo.

Login com redes sociais

Login com E-mail

Ainda não sou cadastrado

Cadastre-se agora

Hoje trabalhadores vivenciam condições adversas em seus ambientes e processos de trabalho e o EPI, equipamento de proteção individual, é fundamental para garantir a segurança em suas atividades.

Um dos maiores desafios que os técnicos de segurança enfrentam é a conscientização do uso constante e a correta utilização destes equipamentos uma vez que os usuários se sentem obrigados e desconfortáveis com os mesmos.

Queremos saber de você: quais ações podem ajudam a conscientizar o trabalhador a entender a importância da utilização desses itens de segurança?

 

Como conscientizar trabalhadores a usar equipamentos de proteção individual?

X

Faça seu login

Para acessar essa área, é necessário fazer seu login. Se você ainda não se cadastrou no portal 3M Inovação, você pode fazê-lo clicando no botão abaixo.

Login com redes sociais

Login com E-mail

Ainda não sou cadastrado

Cadastre-se agora

Enviar Ideia

Dê sua contribuição para este desafio.

Ordenar por:
Carlos Silva Experiência: 0 Ranking: 1º
Desenvolver EPI'S com chip/sensores e integra-los (óculos, protetor auricular, capacete, luva, botas) ou conforme a necessidade de cada área. Através de tecnologia (Inteligencia Artificial) integrar a máquinas/equipamentos/áreas e enviar avisos sonoros, visual, desligamento de máquina...
Carlos Silva Experiência: 0 Ranking: 1º
Desenvolver um treinamento tipo dinâmica de grupo e ou em um auditório tipo cinema 3 D (tipo da Disney), só que com 6 D mostrando situações de temperatura (tato), Som provocar ele com um microfone desligado falar por uns 5 minutos em uma palestra e perguntar o que ele entendeu, visão mostrar uma imagem embaçada, ou óculos em péssima condições de uso, usar um spray de água nos olhos pra ele sentir como é ser pego de repente, o que é ser pego desprovido de um equipamento de segurança. Soltar cheiros desagradável, ou seja, mostrar pra ele o quanto é importante todos os sentidos dele em perfeito estado para trabalhar, que a empresa precisa de um funcionário com todos os sentidos em ordem e não quer ele perca nenhum desses sentidos pois em casa tem uma família esperando um homem saudável. Leva um deficiente auditivo, deficiente visual, uma pessoa sem membro/amputada no trabalho, um que sofreu por não usar um simples epi. Criar lema Qualidade x Produtividade e Integridade.
Cesar (Panda) Augusto dos Santos, Experiência: 0 Ranking: 1º
Uau, isso é assunto para um mestrado, mas vamos lá, vou separar por assuntos para facilitar a compreensão.
1 - Inicialmente é ter o equipamento correto para cada situação e aqui cabe a empresa providenciar isso, com equipamentos de qualidade e conforto.
2 - Em qualquer parte do Universo os empregados devem seguir exemplos, então toda a chefia deve circular usando os equipamentos corretos nos locais corretos, nós seres humanos seguimos exemplos e padrões.
3 - Educar e mudar o mindset dos empregados com relação a importância dos equipamentos para sua segurança, aqui entram workshops, conversas com pessoas que sofreram acidente por falta de equipamentos, conscientização da família e políticas claras que devem ser relembradas diariamente aos empregados.
4 - Os empregados devem ter um canal de comunicação para tirar dúvidas e diminuir as barreiras, inclusive e principalmente sugerindo novos equipamentos, mais modernos e confortáveis, isso faz ele fazer parte do processo.
5 - Desmistificar algumas coisas sobre EPI como, com luvas não tenho sensibilidade, os óculos embaçam, o capacete é desconfortável, se usar botas não tenho agilidade e vários outros que ouvimos diariamente.
Samira Guachalla Experiência: 0 Ranking: 1º
EPIs devem ser confortáveis e terem algum apelo não só ligados ao design mas também terem significado para o usuário a tal ponto que passem a ser "objetos de desejo" e essa construção não só se dará pelo design mas por um bom "storytelling" - conhecendo naturalmente o perfil do grupo. Certa vez li uma entrevista com o neurologista Oliver Sacks (morto em decorrência de um câncer no cérebro em 2015) e uma jornalista da BBC. A jornalista mencionou na entrevista que estava ficando cega por conta de uma distrofia degenerativa. Durante a entrevista foi comentado que a jornalista não se interessava em usar uma bengala. Uma das razões mencionadas foi porque "este" não era um objeto de desejo e isso interferia fortemente na vaidade e na decisão de usar ou não o equipamento que para ela era essencial. Prontamente o médico levantou e buscou uma de suas bengalas e ela escolheu uma totalmente diferente, não só pela na cor (laranja forte e cheia de elásticos coloridos) e ele deu a ela re-significando o objeto dizendo em seguida que a bengala não só é especial pela customização mas pela história transmitida pois agora esse objeto passou a não ser uma "bengala qualquer". Os objetos já existem, precisamos conquistar corações e mentes, fortalecendo o dialogo e o design dando-lhes leveza, beleza e segurança.
Paulo Manoel Dias Experiência: 685 Ranking: 433º
Passo a passo da segurança: fornecimento de adesivos para colacar em escadas. Cada degrau com um texto de incentivo ao uso dos equipamentos de segurança. Exemplos de textos: 1) Segurança é para você e para todos; 2) EPI faz parte do seu trabalho; 3) Não dê jeitinho, faça do jeito certo; 4) Segurança é responsabilidade de todos nós, 5) Não deixe para depois, segurança agora.
Paulo Manoel Dias Experiência: 685 Ranking: 433º
É fundamental envolver a família. Conjuge, filhos, principalmente. É interessante portanto, criar material de divulgação sobre segurança no trabalho para que as empresas enviem para seus empregados. O material pode conter QRCode com material adicional hospedado em site da 3M para crianças e adulto. Um QR code leva para página voltada para as crianças, com textos, vídeos e jogos sobre a importância do uso dos EPI/EPC. Outro QR code leva para página voltada para adultos, com informações mais apropriadas a este perfil, mas também podendo incluir algo de gamificação.
Juliana de Oliveira Juvino Experiência: 0 Ranking: 1º
1º Acredito que a inovação deve vir do próprio equipamento. ex: Um capacete mais confortável e prático.
2º Um sistema que consiga rastrear se o colaborador está utilizando o equipamento. ex: por uma etiqueta via satélite. Seria possivel mapear onde, quando e por quanto tempo esse equipamento está sendo utilizado.
3º Um sistema que controlaria a utilização desse equipamento, ex: antes de utiliza-lo/guarda-lo.
4º Para os esquecidos, um lembrete via SMS, Whatsapp, intranet, telefone e etc... para lembra-lo.
Paulo Manoel Dias Experiência: 685 Ranking: 433º
Sempre é interessante usar a tecnologia a serviço da segurança, mas nada substitui a concientização.
Cesar (Panda) Augusto dos Santos, Experiência: 0 Ranking: 1º
Concordo, mindset!
Stephanie D'Amato Experiência: 0 Ranking: 1º
Um jogo de simulação de ambiente de trabalho em que o trabalhador tenha que escolher seu EPI para determinada tarefa e com gameover caso não o utilize corretamente no jogo. Pode-se propor uma competição entre os colaboradores de um setor com premiação simbólica. Em paralelo, o controle no uso do EPI poderia ocorrer através de máquinas automáticas dispensadoras (exemplo maquina de doces) para que concientização dos gestores com relação ao uso de EPI em sua equipe e necessidade de reaplicação do jogo.
Paulo Manoel Dias Experiência: 685 Ranking: 433º
Bem interessante. A gamificação, principalmente para os mais novos é bem atrativa.
Antonio Sergio Ximenes Experiência: 75 Ranking: 1017º
OUTRA COISA QUANDO LI OS DEMAIS COMENTÁRIOS E SUGESTÕES SERIA UMA INTERAÇÃO E ENVOLVIMENTO DOS INTERESSADOS QUE AO INVÉS DE SER IMPOSITIVO, SER PARTICIPATIVO INTERATIVO DEMOSTRANDO A NECESSIDADE DO USO DOS EPIS
Antonio Sergio Ximenes Experiência: 75 Ranking: 1017º
REALIZAR OFICINAS EM CONJUNTO COM OS SINDICATOS, COMISSÃO DE ACIDENTES DE TRABALHO; ALEM DE SEMINÁRIOS COM TODAS AS PARTES DO PROCESSO PRODUTIVO..
Carregar mais
Topo
X

Faça seu login

Para acessar essa área, é necessário fazer seu login. Se você ainda não se cadastrou no portal 3M Inovação, você pode fazê-lo clicando no botão abaixo.

Login com redes sociais

Login com Facebook Login com Linkedin

Login com E-mail


Ainda não sou cadastrado

Cadastre-se agora